quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Pequena nota sobre os incêndios

Todos os anos há incêndios, todos os anos há promessas de mudança que nunca chega. Este ano foi verdadeiramente catastrófico. Não me lembro de nenhum ano que tivesse sido assim com tantas mortes e área ardida.
 
Tenho uma amiga, que por circunstancias da vida, esteve metida no meio do caos. Ela manteve-se calma, mas disse-me que muita gente estava em pânico ao redor dela. Ela que não conseguia contactar os pais e o namorado para que soubessem que estava bem. Ela foi evacuada da estação de comboios. Ela diz também que perguntou se havia comboio e diz que a linha devia ter sido cortada. Ela apanha o comboio e na estação seguinte o maquinista decide não arrancar porque há muito fumo e se tivesse arriscado?? A número de mortos era maior, a minha amiga disse que o comboio ia cheio.
 
É aqui que eu pergunto: porque é que não há uma decisão clara e correta? Há incendio? Amigos ficamos na estação. Não sai o comboio ou o autocarro. É diferente de ir-se no caminho e depois ser-se apanhado pela confusão. Acho que nestas pequenas coisas, que não são pequenas entenda-se, é que vemos como estamos mal preparados. Os meios podem ser insuficientes, as matas podem não estar limpas mas se não houverem medidas de prevenção mais simples o problema pode ser duplicado...


 

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Harvey Weinstein

Há uma cena no filme Pretty Woman em que o Stuckey depois de saber que Vivian era prostituta tenta a sua sorte com ela. Primeiro tenta comprar os seus favores, afinal ela é uma prostituta e depois tenta fazer as coisas à força.
Felizmente, o Edward chega e interrompe os seus intentos. Vivian mais tarde diz que o problema é que homens como ele pensam que é permitido fazerem estas coisas.
 
Apesar do tom light-hearted do filme esta frase é bem verdade. Com o escândalo que rebentou sobre Harvey Weinstein vemos isso. Um homem poderoso, que dá cartas na sua profissão. Isto passa-se em Hollywood mas podia ser noutro lado qualquer. A verdade é que muitos homens, em posição de poder, assediam mulheres porque sabem que saem impunes. E muitas mulheres cedem porque precisam de trabalhar ou querem muito serem actrizes. E depois calam-se.
 
Ainda não se sabe se Harvey Weinstein irá pagar com a cadeia os seus crimes. Para já foi demitido de todos os projectos onde estava envolvido e a mulher pediu o divorcio. Se a pena não for muito pesada ao menos que este revés todo sirva para outros pensarem duas vezes antes de assediarem alguém.

P.S: se não estão a par do assunto vejam este link: Harvey Weinstein


 

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Tempos Modernos

No outro dia fui sair com a minha amiga R. A determinada altura, depois de avistar mais um homem sozinho com um carrinho de bebé, diz-me ela:
- Vê-se muitos homens sozinhos com crianças.
Por acaso eu não ando a reparar nisso, mas disse que sim. Vai dai ela menciona a ausência da mãe. E eu respondi:
- Podem estar a trabalhar ou serem homens divorciados...
 
A verdade é que a sociedade está a mudar e cada vez mais se veem pais sozinhos com os filhos. Mães sozinhas com filhos sempre foram a regra. Mas não deixa de ser curioso que o facto cause alguma estranheza. Não que a minha amiga R. seja preconceituosa ou assim, penso apenas que as coisas causam sempre alguma estranheza por fugirem um pouco à norma. Eu ainda me lembro de estranhar ver homens vendedores em lojas de roupa feminina, agora eles já são mais que as mães e eu até ia jurar que já vi homens em lojas de lingerie e sim era a vender e não a comprar...

 

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Prémio Nobel Da Literatura para Kazuo Ishiguro

Este ano ganhou alguém que já conheço, já ouvi falar... Mas posso confessar uma coisa?? Eu achava que era uma mulher. Nunca pesquisei este escritor e conheço de ver aqui e ali... Falha minha. Já vi o filme Never Let Me Go, fiquei sempre com vontade de ler o livro. A ver se nos próximos tempos penso nisso a sério.

domingo, 1 de outubro de 2017

O que ando a ler

Outlander a Cruz de Fogo de Diana Gabaldon - Continuo sem grande entusiasmo por este quinto capitulo da saga Outlander.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Coisas que eu nao entendo

Há bocado estava a falar com uma amiga minha. Dizia-me ela que uma das suas gatas tinha desaparecido. Durante algumas horas do dia, a mae da minha amiga deixa as gatas andar cá fora. Elas fazem o seu passeio e voltam. Desta vez uma delas não voltou. Infelizmente muitos animais desaparecem... São levados por terceiros ou são muitas vezes atropelados. O problema neste caso é que a minha amiga suspeita que algum vizinho a tenha matado. Diz que isso já aconteceu antes.
 
Quando ela me disse isso fiquei espantada. Não é que já não tenha ouvido histórias dessas antes. Mas fico sempre surpresa. Não entendo como se pode ser tão cruel e matar um animal que não faz mal a ninguém...

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

aquela vez que eu vi o Pedro Abrunhosa

Eu nunca contei aqui no blogue. Mas eu uma vez vi o Pedro Abrunhosa. Ia eu em Santa Catarina, vinha do lado da Batalha. Parei na Rua Passos Manuel para atravessar. Vejo um homem sentado na esplanada do Majestic. E que penso eu?? olha com este frio todo aquele cromo está ali sentado!! Só quando atravessei e me aproximei é que vi que era o Pedro Abrunhosa. Foi engraçado e meia volta quando passo lá lembro-me dele...